28 set
2013

Fatalidade e Livre Arbítrio

 Antes do regresso à experiência no Plano Físico, nossa alma, em prece, roga ao Senhor a concessão da luta para o trabalho de nosso próprio reajustamento.

Solicitamos a reaproximação de antigos desafetos.

Imploramos

Chico Xavier ´arquivo VE

Chico Xavier ´arquivo VE

o retorno ao circulo de obstáculos que nos presenciou a derrota em romagens mal vividas…

Suplicamos a presença de verdugos com quem cultiváramos o ódio, para tentar a cultura santificante do amor…

Pedimos seja levado de novo aos nossos lábios o cálice das provas em que fracassamos, esperando exercitar a fé e a resignação, a paciência e o valor…

E com a intercessão de variados amigos que se transformam em confiantes avalistas de nossas promessas, obtemos a benção da volta.

Somos herdeiros do nosso pretérito e, nessa condição, arquitetamos nossos próprios destinos.

O egoísmo e a vaidade costumam retomar o leme de nosso destino e abominamos o sofrimento e o trabalho, quais se fossem duros algozes, quando somente com o auxilio deles conseguimos soerguer o coração para a vitória espiritual a que somos endereçados.

É, por isso que a fatalidade e o livre-arbítrio coexistem nos mínimos ângulos de nossa jornada planetária.  Geramos causas de dor ou alegria, de saúde ou enfermidade em variados momentos de nossa vida.

Aceitemos os problemas e as inquietações que a Terra nos impõe agora, atendendo aos nossos próprios desejos, na planificação que ontem organizamos, fora do corpo denso, e tenhamos cautela com o modo de nossa movimentação no campo das próprias tarefas, porque, conforme as nossas diretrizes de hoje, na preparação do futuro, a vida nos oferecerá amanhã paz ou luta, felicidade ou provação, luz ou treva, bem ou mal.

Emmanuel

Médium: Francisco Cândido Xavier

Distribuição gratuita

10 Comentários

  • Texto emocionante, e que me fez pensar Deus infinitamente bom e justo nos dá o livre arbítrio é uma maneira de provarmos a nossa mudança, o nosso arrependimento dos erros pretéritos pois somos espíritos em busca da evolução, e aqui chegando neste planeta de expiação , esquecemos do nosso comprometimento, esquecemos que estamos de passagem e o tempo passa depressa, e chega a hora da volta para a pátria espiritual, e o que vamos justificar se nada fizemos se perdemos mais uma oportunidade que Deus nos deu… vamos pensar nisso.

    Muita paz a todos.

    • esse texto nos faz notar a dinamica da vida e seus mais belos detalhes

  • É sempre muito verdadeiro e profundo o que Emmanuel ensina.
    Estudar suas obras é roteiro seguro para nosso aperfeiçoamento.

    • Alguém pode me explicar o que significa: “O seu comentário está aguardando moderação?”
      Infelizmente, sou meio jurássica em se tratando de tecnologia, principalmente, computador.

      • Amiga leitora e colaboradora, boa tarde!
        No sistema temos a “moderação” para ser liberado os comentários posteriormente a aprovação de nosso administrador.

        Saúde e paz sempre.
        Equipe Visão Espírita.

  • O paragrafo final deste texto, fecha com todo brilho o conteúdo da disciplina, sendo que no próprio evangelho traz o ênfase desta colocação, busca e acharas , pedi e obtereis, fatalidade são consequências do que estamos buscando, Lei da Causa e do Efeito, diante das evidências todos estão expostos e para que não haja desculpa na disciplina aqui exemplarmente colocada, temos o Evangelho.
    E que Jesus nos Conduza, Hoje e Todo o Sempre.
    Muita Paz.

  • Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o filho e seu pai, entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra, assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim; e aquele que não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. O que acha a sua vida, perdê-la-á; mas o que perde a sua vida por minha causa, achá-la-á.» (Mateus 10:34-39)

    «Vim lançar fogo à terra, e que mais quero, se ele já está aceso? Mas tenho de ser batizado com um batismo, e como me angustio até que ele se cumpra! Pensais que vim trazer paz à terra? Não, eu vo-lo digo, mas divisão; porque de ora em diante, haverá numa casa cinco pessoas divididas, três contra duas, e duas contra três; estarão divididas: o pai contra seu filho, e o filho contra seu pai; a mãe contra sua filha, e a filha contra sua mãe; a sogra contra sua nora, e a nora contra sua sogra.» (Lucas 12:49-53)

    Seguir a Cristo no caminho da evolução é aceitar ir em busca do perdão e do amor verdadeiro…Como poderia o MESTRE , ele que so praticava o bem e pregava o amor incitar os familiares uns contra os outros….o que seria verdadeiramente discípulo, se não aquele que vive a palavra na pratica diária desse amor….convivendo com os que fizemos sofrer e aceitando todas as reparações como valiosas lições advindas da generosidade de Deus…Os inimigos dos homens serão os de sua própria casa..Conviver com os que machucamos e viver na misericórdia em perdão constante , não é facil…mas por amor a essa perfeição , ao seu reino ….como discipulos do Bem alcançaremos a vitória!

  • O Livre arbítrio
    O Livre arbítrio é a liberdade moral que o ser humano tem para praticar o bem ou o mal, não existem fatalidades morais na vida do Espírito.
    Nenhum espírito se reencarna no mundo terra ou plano material, para ser fraco, covarde,derrotado,viciado,malandro, picareta, corrupto, bandido.
    Não existe predestinação para o mal.
    O Espírito se reencarna no plano terreno é para VENCER as suas imperfeições morais e Evoluir, pela sua luta e esforço pessoal.
    O mal não é obra de Deus e nem fatalidade cega do Destino.
    O mal é obra do próprio homem, que usa seu livre arbítrio de forma errada, a pessoa se entrega as suas imperfeições morais e as influencias negativas da matéria, e passa a cometer erros, vícios e faltas.
    O nosso DEVER é lutar contra as nossas imperfeições morais e contra as influencias negativas da matéria, para podermos crescer espiritualmente e Evoluir.

    Ninguém está PREDESTINADO para o fracasso, para a derrota, para os vícios, para os crimes, para a corrupção, estamos no mundo Terra é para lutar e Vencer, é para Brilhar a nossa Luz.
    A Evolução é Obra nossa, temos que Construir essa Evolução mediante o nosso aprimoramento Moral e Intelectual. O mesmo tempo e energia que gastamos para fazer o mal, podemos usar para fazer o Bem, é uma questão de livre arbítrio e não de Destino traçado.
    Repetimos, não existe predestinação para o fracasso moral.
    Nenhum Espírito se reencarna no mundo terra para ser um derrotado na vida moral e material.
    Nós somos DONOS da nossa mente, do nosso pensamento, do nosso sentimento e da nossa atitude, portanto, somos DONOS do nosso destino e da nossa Evolução.
    Livre arbítrio é a liberdade que eu tenho para pensar, sentir e agir.
    Portanto o Bem ou o mal quem Constrói sou eu e não o Destino, a vitoria ou a derrota quem Constrói sou eu, a Virtude ou o Vicio que constrói sou eu, Luz ou a escuridão quem escolhe sou eu, ser forte ou ser fraco quem escolhe sou eu, subir ou cair quem escolhe sou eu, um Destino de paz ou de sofrimento, quem constrói sou eu.
    Eu sou DONO de mim mesmo, isso é Livre ábitrio, liberdade para eu Construir ou destruir ou se destruir.
    Deus não criou nenhum Espirito fraco, derrotado, covarde, doente, picareta, viciado, malandro, bandido, corrupto.
    Deus não criou o mal, nem a miséria, nem as guerras, nem os crimes, nem o sofrimento, nem as enfermidades, nem as favelas, nem a exploração, nem o racismo, tudo isso é obra das enfermidades morais do homem, ou seja, o mal uso do Livre arbítrio, o cenário social e político do mundo é Obra dos homens, nós plantamos e depois colhemos.
    Quem planta pimenta vai colher pimenta.
    Quem planta morangos vai colher morangos.
    Essa é a Lei, não para punir, mais para reajustar ou disciplinar os espíritos faltosos.
    Tudo isso se resume no uso do Livre arbítrio.

    A Obsessão e o Livre arbítrio
    1)Pelo livre arbítrio eu tenho a liberdade de pensar, sentir e agir.
    Quem controla meus pensamentos, meus sentimentos e minhas atitudes sou eu.
    Isso se chama livre arbítrio, é a liberdade que eu tenho para guiar minha vida.
    Nenhum espírito desencarnado pode anular meu livre arbítrio ou controlar minha mente, quando os espíritos perturbadores e obsessores conseguem influenciar a mente de uma pessoa, é por que ela PERMITIU, mediante as suas imperfeições morais, maus pensamentos, maus sentimentos, vícios, maus hábitos, ela atraiu pela sintonia vibratória esses espíritos perturbadores e maldosos.
    Vejamos a Metáfora do vampiro.
    Um vampiro só pode entrar em sua casa quando você o convida.
    Da mesma forma, os maus espíritos só podem entrar em nossa casa mental, quando, convidamos eles, pelos nossos maus pensamentos, vícios, maus desejos, maus hábitos, vamos atrair o que cultivamos internamente em nosso Espirito.
    Atraímos externamente aquilo que cultivamos internamente.
    Se eu sou o dono dos meus pensamentos, sentimentos e atitudes, eu posso e devo, controlar a minha vida.
    Nenhum espírito obsessor pode controlar a nossa mente, quando estamos vibrando bons pensamentos e bons sentimentos, as vibrações positivas vão afastar as vibrações negativas e atrair outras vibrações positivas, os semelhantes atraindo os semelhantes.
    O bem atrai o bem.
    O mal atrai o mal.
    Pelo uso correto do Livre arbítrio eu vou afastar os maus espíritos, vamos concluir, que a obsessão é causada pelo uso errado do livre arbítrio
    Quando eu uso meu livre arbítrio para praticar o bem e as virtudes, cultivando pensamentos elevados e nobres, quando eu procuro combater as minhas imperfeições morais, eu estou elevando o meu PADRÃO VIBRATÓRIO e dessa forma vou afastar as vibrações pesadas e negativas dos espíritos inferiores, perturbadores e obsessores.
    Vibrações com freqüências diferentes se repelem, vibrações com freqüências iguais se atraem, essa é a Lei da Sintonia vibratória, que o ser humano pratica com seus pensamentos.
    Os espíritos obsessores não tem nenhum poder sobre as pessoas de Bem, somos nós que damos para eles esse poder, quando entramos em sintonia com eles.
    Vamos também concluir, que a proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme seus pensamentos e conduta moral, não adianta usar velas, amuletos, talismã, roupas brancas, imagens, nada disso funciona, somente nossos Pensamentos e sentimentos é que tem valor.
    Também não existe o Jesus salvador, proteções divinas milagrosas, para nos salvar ou proteger, pela Lei de Causas e efeitos, vamos colher o que plantamos pelos nossos pensamentos, sentimentos e atitudes.
    Quem planta pimenta vai colher pimenta, somos livres para semearmos mais a colheita é obrigatória.
    Quem planta colhe.
    Quem planta maus pensamentos, vícios, ódios, raiva, inveja, falsidade, desonestidade, racismo, medo, egoísmo, desejos de vingança, vai colher (atrair) processos obsessivos, portanto, a terapia é elevação moral e mental.

    2)Eu sou DONO dos meus pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes, eu posso escolher os meus caminhos, eu posso repelir os maus pensamentos, eu posso repelir os maus sentimentos, eu posso repelir os vícios, eu posso repelir a palavra fútil e viciosa, eu posso repelir as atitudes negativas, eu posso me iluminar, eu posso e devo me torna um discípulo do Cristo, por que, eu tenho o Livre arbítrio, a liberdade para pensar, sentir e agir, portanto, eu sou DONO de mim mesmo, nenhum espírito obsessor pode me controlar, nenhuma magia, macumba ou bruxaria pode me afetar.
    O livre arbítrio me fez dono de mim mesmo, meu destino, minha evolução e minha vida, quem CONSTRÓI sou eu.
    A culpa básica da Obsessão é mais do obsidiado do que do obsessor, por que, nós PERMITIMOS que os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores se aproximem de nós, pelas nossas imperfeições morais, maus pensamentos, maus desejos, vícios, maus hábitos e atitudes negativas, basta eu elevar meus pensamentos e sentimentos e praticar boas ações, que eu vou afastar gradativamente os maus espíritos.
    Perguntamos, seu Livre arbítrio é seu ou dos espíritos obsessores???
    Se eu tenho o meu Livre arbítrio, eu posso controlar minha vida, eu posso controlar meus pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes.
    Livre arbítrio é liberdade para pensar, sentir e agir.
    Os maus espíritos se aproximam de nós, por que, nós PREMI TIMOS que eles entrem em sintonia com a nossa mente, não devemos esquecer nunca isso, o vampiro só entra em sua casa se você convidar ele, da mesma forma, os maus espíritos só entram em sua casa Mental se você CONVIDAR eles com seus maus pensamentos, vícios, maus desejos, maus hábitos e ações negativas.
    Portanto, somos nós que convidamos os espíritos desencarnados para entrar em Sintonia com a nossa Mente, vamos CONVIDAR (atrair) os Espiritos de Luz, com os convites dos bons pensamentos, bons sentimentos, boas palavras, boas atitudes.

    3) Uma outra questão. Deus só pode me proteger, se eu estiver numa faixa vibratória eleva e positiva, dessa forma os Bons Espiritos podem entrar em sintonia com a minha mente, eles se aproximam de nós e nos ajudam com seus fluidos puros e benéficos e dando boas inspirações para fortalecer moralmente as pessoas.
    Vamos concluir, que a proteção espiritual quem faz é a própria pessoa com seus pensamentos e conduta moral.
    Pela Lei de Causas e efeitos cada pessoa colhe o que planta, a cada um segundo as suas Obras, portanto, se eu planto maus pensamentos, maus sentimentos, vícios e ações negativas, eu vou Colher (atrair) a assistência espiritual dos maus espiritos, pelo uso do Livre arbítrio eu vou determinar que tipo de assistência espiritual eu vou ter.

    Existe alguns espíritas que falam, que existe processos obsessivos que são muitos difíceis de obter a cura, quando eu falo que é difícil, eu estou ajudando os espíritos perturbadores e obsessores.
    Perguntamos, quem é mais forte o Bem ou o mal??
    O Livre arbítrio é do obsedado ou dos obsessores??
    O Mestre Allan Kardec é bem claro, são as imperfeições morais da alma que atraem os maus espíritos, portanto, se o obsidiado procurar combater as suas imperfeições morais de forma gradativa, ele vai fechar a porta da sua mente para os espíritos obsessores, não dando campo de aproximação eles não tem como entrar em sintonia com a nossa mente.
    O obsidiado tem que receber ajuda de pessoas esclarecidas e de formação moral positiva, dessa forma vamos atrair os Bons espíritos e eles vão nos ajudar na cura.
    Para fechar, quem é mais forte Deus ou os espíritos obsessores???

  • Excelente!!!!!! é o nosso grande desafio nessa jornada.

  • O Texto, Facilita e muito o Entendimento e Compreenção da Mensagem de nossos Irmãos Maiores, quando falam da “Abençoada Encarnação concedida para todos nós, pelo Amor de Deus” e nos Convidam a Aproveitar essa Grande Oportunidade de Aprendizado e Reajustamento que nos é dada…
    Comentei ontem 06/02/2014 no Batuira, quando fazia uma Palestra sobre o Tema “Parentesco Espiritual e Corporal, sobre A Responsabilidade de todos nós seguidores da Doutrina Espírita Cristã que já Sabemos o quanto é Importante Aproveitar todas as Oportunidades de Reconciliação,Resgates e Aprendizado…

    Que o Perfume Suave do Mestre Jesus, envolva o Coração de todos…
    Fraternalmente,

Deixe seu comentário para Simone