19 jun
2009

REENCARNAÇÃO – Primeira Parte

Queridos leitores, sem dúvida, um dos assuntos mais fascinantes do Espiritismo e também um dos que mais desperta a curiosidade das pessoas é a reencarnação. É um dos pilares da Doutrina dos Espíritos e condição essencial para nossa reeducação espiritual e progresso dos seres.
Na literatura espírita nacional, talvez a mais bela narrativa acerca da reencarnação, de como ela se processa e quais esforços os Benfeitores Espirituais encetam para que ela seja levada a bom termo, se encontre no capítulo 13 do livro ‘Missionários da Luz’, psicografado por Chico Xavier e trazido a nós pelo espírito de André Luiz. Aliás, leitores, este livro traz fantásticas explicações acerca dos temas mais fascinantes da Doutrina, tais como obsessão, mediunidade, materialização, socorro espiritual, enfim, um livro para se ter à cabeceira e para ser lido mais de uma vez. O valor desse livro para o aprendizado é imensurável, assim como todos os livros da coleção de André Luiz.
No aludido capítulo, André acompanha uma equipe de Benfeitores comandada por Alexandre, na abençoada tarefa de auxiliar no retorno do espírito Segismundo ao plano terrestre, para a família constituída de pequenino de três anos e seus pais Raquel e Adelino. Este último, em encarnação pretérita, havia sido assassinado por Segismundo, que agora tinha oportunidade de reparar seu erro.
Impressionante a narrativa de como Adelino, com sua postura mental negativa, aniquilava as células genésicas. Isso mesmo, pasmem, percebendo a intenção do algoz do passado em reencarnar naquela família, a mente de Adelino agia de maneira a impedir a concepção do futuro filho. Alexandre, acompanhado de André e outros trabalhadores se postaram no lar daquela família para harmonizar o ambiente. Como Adelino se mostrasse profundamente perturbado e irritadiço, Alexandre colocou suas mãos luminosas sobre a cabeça do filhinho pequeno já encarnado, que proferiu palavras que cativaram imensamente o coração de Adelino e elevaram suas vibrações, dissipando a pesada atmosfera mental que o circundava. A Espiritualidade Superior, como costumo dizer, sempre conspira a nosso favor e, naquele momento, utilizou-se do pequenino para atingir seus objetivos. Naquele dia de júbilo, a família passou horas agradáveis e terminou o dia fazendo juntos comovente prece antes do descanso.
Nesse estado de paz, quando do desdobramento proporcionado pelo sono físico, Alexandre, em comovente explanação, fez Adelino compreender a importância do que estaria por vir e mostrou-lhe Segismundo ali presente em atitude de grande humildade, que pediu para que Adelino o perdoasse, beijando-lhe as mãos. Nessa altura da narrativa, o ambiente se inunda de luz, porque com o perdão sincero, Adelino desfez-se por completo de pesadas nuvens que circundavam seu perispírito, deixando à vista sua verdadeira condição espiritual. Aqui, cabe lembrar que o perdão, quando concedido com sinceridade, pode operar milagres em nossa vida. Não há mazelas espirituais piores que o ódio e o ressentimento. A primeira etapa da tarefa havia terminado com êxito.
Leitores percebam os esforços demovidos pela Espiritualidade no auxílio ao progresso da humanidade. Jamais se sintam abandonados, não há prece, não há pedido sincero que não seja ouvido, analisado e atendido conforme nossas necessidades. As intempéries da vida, muitas vezes nos atingem porque não estamos receptivos à ajuda que nos é oferecida, portanto, orai e vigiai sempre, já que uma pequena atitude infeliz coloca a perder grandes dádivas espirituais que nos são ofertadas, pensem nisso…
A narrativa deste capítulo sobre reencarnação se desdobra em uma série de questões importantíssimas e julguei mais conveniente não discuti-las apenas nesta oportunidade, então, conto com vocês para continuarem a acompanhá-la. Muita paz e que Deus abençoe a todos.

3 Comentários

  • Daniela, parabéns e bem escolhido o tema para postar no Blog.
    A reencarnação é um tema realmente importante a ser estudado, pois responde a muitos questionamentos desde que o homem habitou pela primeira vez no planeta.
    Belos comentários feito por você, claros e objetivos. Sabia que seria de muita importância sua colaboração no Visão Espírita.
    Só tenho a agradecer sua boa vontade e colaboração.
    Que Deus te ilumine sempre.

  • Dani,
    Nao sabia que voce escrevia tao bem. Adorei o blog. Eh sempre bom ler textos bem escritos principalmente quando sao escritos em Portugues.
    Sua prima

  • Dani,
    Nao sabia que voce escrevia tao bem. Adorei o texto e tb o blog. Parabens.
    Sua prima

Então, O que achou?