19 ago
2009

USE e sua tarefa

Texto de Wellington Balbo – Bauru – SP

A sigla USE significa: União das Sociedades Espíritas. A própria definição diz que o papel principal da USE em relação aos centros espíritas é servir de elo para o intercâmbio entre eles e o conseqüente fortalecimento e união do movimento espírita.

São apenas três letras que se bem compreendidas significam a sementeira da união e do trabalho em conjunto no cenário espírita.

E justamente a intenção da USE é ser mediadora das experiências que todos enfrentamos em nossas participações nas atividades desenvolvidas nos centros espíritas. Interessante, pois vai justamente ao encontro do que pede o mundo contemporâneo: trabalhar em grupo. E para trabalhar em grupo é necessário saber ouvir, respeitar e dividir experiências.

Experiências que, aliás, enriquecem a jornada humana e merecem ser partilhadas. Experiências e idéias quando são divididas agregam enorme valor, porquanto a dúvida de um pode ser respondida pela vivência do outro, ou a solução para um desafio que enfrenta determinada instituição pode ter resposta nos conhecimentos de outra Casa. Eis a dinâmica da vida: dividir para enriquecer! Porque é também trocando experiências e vivências que conseguiremos galgar degraus na escalada evolutiva.

Portanto, engana-se quem pensa ser a USE entidade fiscalizadora das atividades desenvolvidas pelas Casas Espíritas. Ela – USE – é fruto do esforço e empenho do movimento espírita de nossa cidade e região e tem caráter democrático, jamais ditador. Seu objetivo é servir, porque o mestre assim recomendou. Mas para que cumpra fielmente seu objetivo é necessário que se faça entendida e compreendida pelos centros espíritas e suas lideranças. Daí a relevância do presente editorial, pois afirma que a USE Intermunicipal Bauru está disposta a atuar servindo, colaborando, auxiliando e, sobretudo, interagindo.

Aliás, como instituição fiel aos princípios trazidos pela espiritualidade e tão bem codificados pelo notável pedagogo francês, a USE respeita a liberdade de ação dos centros espíritas, orientando-os sempre a caminhar ao lado de Jesus e Kardec.

Entende-se também que a atuação da referida instituição está vinculada à postura dos dirigentes espíritas. Quanto mais empenhados em cumprir as dignas tarefas propostas pelo Espiritismo, mais forte a USE e, consequentemente, mais ativo o movimento espírita da região onde estão inseridos.

Portanto, está explícito que UNIÃO e TRABALHO são palavras de ordem, porque somente trabalhando unidos alcançaremos o objetivo de divulgar com fidelidade a Doutrina Espírita.

Eis aqui duas magníficas forças a disposição de todos para a construção de um movimento espírita forte: União e trabalho. União que significa nossa interação com os membros de outras Casas Espíritas. Trabalho que significa o empenho em disponibilizar nossas habilidades para a realização de tarefas na seara espírita.

A USE, pois, pretende servir às Casas Espíritas divulgando a importância da união e do trabalho, porquanto assim cumprirá com excelência o seu papel de conectar os centros espíritas na gratificante missão de levar ao mundo a clara mensagem deixada pelo Cristo e tão bem explicada por Allan Kardec.


Então, O que achou?