26 jan
2011

“Outra Vida”: Clint Eastwood por territórios do além

O novo filme de Clint Eastwood coloca Matt Damon no papel de um medium perseguido por aqueles que querem comunicar com os seus entes queridos. “Hereafter: – Outra Vidaestreia hoje nos cinemas nacionais.
Inesperadamente, Clint Eastwood, o duro e implacável herói de outros tempos ou o mais recente realizador de filmes de realidades empedernidas como as de “Gran Torino” e “Million Dollar Baby”, volta-se para o espiritismo. Em “Hereafter – Outra Vida”, o seu novo filme que hoje estreia nos cinemas portugueses, Matt Damon surge como um medium que comunica com as almas do além.

O argumento é de Peter Morgan (o mesmo de “A Rainha” e “Frost/Nixon”) que se inspirou em “If the Spirit Moves You: Life and Love after Death”, o livro de Justine Picardie, uma jornalista inglesa, que em choque pela morte prematura da irmã, decidiu contactar mediums que se dizem capazes de ouvir os mortos.

No filme, George Lonegan (o personagem que Damon interpreta) adquiriu as suas capacidades espíritas em miúdo, após um problema de saúde que o deixou entre a vida e a morte. Em breve, percebeu que, longe ser um dom, as suas capacidades eram um verdadeiro tormento.

Os pais chegaram a dar-lhe fortes anti-psicóticos para o livrar desse mal, só que a medicação deixou-o em tal estado que parecia anulá-lo a ele próprio, enquanto ser vivo, de modo que teve de procurar outras formas de lidar com as suas capacidades.

Em tempos chegou a fazer disso uma lucrativa atividade, anunciando mesmo os seus serviços de medium num site na Internet. Agora está determinado em deixar isso para trás, mantendo um trabalho normal na sua cidade, São Francisco,e procurando a todo o custo que ninguém saiba das suas capacidades. A tarefa não é contudo nada fácil, porque ele é verdadeiramente perseguido por gente desesperada por falar com os entes queridos.

Filme começa com o maremoto de 2004

O filme começa com imagens de um destino turístico asiático, onde se encontra um casal francês quando ocorre o maremoto de 2004. Seguem-se impressionantes imagens do avançar da gigantesca onda por terra adentro. A mulher (Cécile De France), uma pivot de um canal francês, é apanhada na rua no momento do maremoto.

Arrastada pela onda é encontrada mais tarde desfalecida. Tentam reanimá-la, mas ela não reage. E quando todos à sua volta já a encaravam como mais uma vítima mortal, deixando-a espojada sozinha, ela reanima.

Apesar da experiência não lhe ter deixado sequelas físicas, a pivot guardou visões de “para além da vida”, que a continuam a perturbar após ter regressado a França e retomado a sua atividade normal. Decide tirar uma licença para recuperar e escrever um livro sobre esse tipo de experiências.

Um pouco mais adiante a ação salta para Londres, onde dois irmãos gémeos (Frankie e George McLaren) tentam ludibriar os assistentes sociais, para que estes não encontram provas da negligência da sua mãe, toxicodependente, e os enviem para uma família adotiva. Pouco depois um dos miúdos morre atropelado, deixando o irmão profundamente perturbado.

Oriundos de diferentes pontos do globo, o caminho dos três personagens que, embora de modo de muito diferente, têm em comum uma proximidade para com almas que já não estão neste mundo, cruzam-se na fase final do filme.

1 Comentário

  • Pretendo assistir!
    Já ouvi vários comentários positivos!
    É muito bom ver que a espiritualidade , está ganhando cada vez mais espaço nas midias e chegando a mais e mais pessoas…
    Abração!

Então, O que achou?